Hospital Municipal realizou mais de 10 mil atendimentos em 2017

Raquel Fernandes/ Grupo A Gazeta

O Hospital Municipal de Sete Quedas totalizou 10.600 consultas médicas e 948 internações no ano de 2017. Todas realizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), pelo qual a unidade é conveniada. O levantamento foi passado pelo diretor administrativo do Hospital, Diego Valiente Castilho.

No primeiro semestre de 2018, já foram atendidos 5.331 pacientes e realizadas 474 internações. De acordo com o diretor, o hospital conta com 3 médicos e 32 funcionários, entre técnicos, enfermeiros e profissionais do setor administrativo. “Os casos mais frequentes das emergências são: fraturas e infartos”, informou.

Para os pacientes que não encontram a especialidade médica que necessitam em Sete Quedas é oferecido transporte para outras cidades. “O paciente é encaminhado para Ponta Porã, Dourados ou ainda Campo Grande pelo Sistema de Regulação (Sisreg)”, explica, acrescentando que os atendimentos em Ponta Porã, passaram a ser realizados durante a administração do atual governador.

“Depois que o governo Reinaldo Azambuja organizou os atendimentos da nossa região em Ponta Porã, facilitou muito, pois antes os pacientes percorriam longos caminhos até aos centros especializados”

De acordo com o IBGE, Sete Quedas conta com um território de 833,733 km² [2017], e tem uma população estimada em 10.812 pessoas. Segundo o IBGE, a cidade conta com um PIB (produto interno bruto) per capta de 17.342,81 R$ [2015]. Já seu IDHM (índice de desenvolvimento humano municipal), é de 0,700 [2010] e tem aumentado consideravelmente, desde a primeira pesquisa feita.

CEONC

O Hospital Municipal de Sete Quedas possui também convênio com o CEONC- Centro de Oncologia de Cascavel, no Paraná. “Toda semana são transportados pacientes para lá”, informa.

Diretor administrativo do Hospital, Diego Valiente Castilho.

 Fotos: Raquel Fernandes