Agraer busca incentivar agricultura familiar indígenas em Coronel Sapucaia

Secretaria municipal de Desenvolvimento econômico e sustentável dá suporte as Comunidades Indígenas de Mato Grosso do Sul.

Na aldeia Taquaperi, são beneficiadas 696 famílias da etnia Guarani Kaiowá com a entrega de 10 sacos de sementes de feijão, 20 sacos de sementes de milho e 1.100 mil litros de óleo diesel para os tratores em operação no campo.

“Os agricultores indígenas dedicam suas terras para o cultivo de mandioca, milho e feijão, sendo esses dois últimos garantidos através da doação de sementes pelo Proacin. Temos bons exemplos como os indígenas Airton Rossate e José Domingues, ambos já começaram ter os seus primeiros retornos com a colheita do feijão”, evidenciou o coordenador municipal da Agraer de Coronel Sapucaia, Emerson Moreira.

Durante o repasse de insumos o agricultor Airton Rossate falou com orgulho dos resultados obtidos através da força do seu trabalho e apoio do executivo estadual. “Já conseguimos bons lucros com a venda dos produtos para o Pnae [Programa Nacional de Alimentação Escolar]”, afirmou.

O agricultor José Domingues é outro que tem melhorado a sua renda através das políticas públicas tanto do governo Estadual como do Federal. Tanto que uma entrega de feijão foi formalizada entre o pequeno produtor indígena e a direção da Escola Estadual Coronel Sapucaia. “É a primeira escola da rede estadual de Mato Grosso do Sul que adquire alimentos pelo Pnae. O diretor Reginaldo de Alencar Arnald está de parabéns pela iniciativa pioneira. Adquirir gêneros de aldeia indígena para a alimentação escolar é uma forma de cuidar da alimentação dos alunos e ao mesmo tempo valorizar a produção local”, avaliou o ex diretor-presidente da Agraer


Mais fotos