IFMS abre 479 vagas para portadores de diploma em 9 cidades, incluindo Naviraí

Campus do IFMS em Aquidauana, que também dispõe de vagas. (Foto: Divulgação)

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) está oferecendo 479 vagas em seus cursos superiores, destinadas a portadores de diploma de graduação e nas modalidades de reingresso, transferência interna e externa.

As oportunidades estão sendo oferecidas nos campus de nove municípios do Estado: Aquidauana, Campo Grande, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas, com ingresso no segundo semestre letivo de 2020.

São 14 opções de cursos de bacharelado em Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia da Computação, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia de Pesca; licenciatura em Computação e Química; e tecnologia em Agronegócio, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Automação Industrial, Jogos Digitais, Produção de Grãos, Rede de Computadores e Sistemas para Internet.

Inscrições – São gratuitas e podem ser feitas de 4 a 14 de setembro na Página do Candidato. Os interessados em concorrer as vagas para portador de diploma e transferência externa devem anexar os arquivos listados neste link.

As modalidades de ingresso são definidas da seguinte forma:

  • Portador de diploma – estudante com curso superior concluído no IFMS ou em outra instituição de ensino, pública ou privada, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Reingresso – discentes do Instituto que deixaram de frequentar o curso nos cinco anos que antecederam o edital, sendo utilizado o Coeficiente de Rendimento como critério de seleção;
  • Transferência externa – acadêmico regularmente matriculado, ou com matrícula trancada, em curso idêntico ou dentro da mesma área de conhecimento de outra instituição de ensino reconhecida, conforme legislação, e que deseja se transferir para o Instituto;
  • Transferência interna – estudante regularmente matriculado na instituição que queira se transferir para outro curso dentro da mesma área de conhecimento.

Seleção – Será feita por uma comissão específica com base na documentação apresentada pelos candidatos. As inscrições deferidas serão encaminhadas para avaliação. Para o reingresso será analisado o Coeficiente de Rendimento. Já para as outras modalidades, serão observados o histórico escolar e as ementas dos cursos.

A avaliação ocorrerá a partir da verificação se as unidades curriculares cursadas na instituição de origem ou curso atendem ao conteúdo programático do curso que o candidato deseja ingressar no IFMS. Além da similaridade de conteúdos e de carga horária entre as unidades curriculares analisadas, não serão considerados o estágio, atividades complementares ou o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) durante a análise.

O resultado preliminar do processo seletivo está previsto para 17 de setembro.

Fonte: Adriano Fernandes/ Campo Grande News