Gerente de Saúde afirma que não há surto de gripe no município e que situação está sobre controle

Foto: Assessoria

O gerente de Saúde da Prefeitura de Navirai Welligton de Mattos Santussi afirmou que não há surto de gripe no município e que não há motivo de pânico por parte da população porque a situação está sob controle.

Santussi afirma que “dos 47 casos de gripe confirmados durante o ano este, 45 pessoas estão em casa bem cuidados e junto de seus familiares, sinal de que nós sabemos sim como tratar esses pacientes e temos logrado êxito na maioria maciça dos atendimentos”.

Já o diretor clínico do Hospital Municipal Felipe Scalco Manzano assinou uma Nota Técnica onde explica os fatos sobre a morte da paciente Elenice do Prado. O diretor afirma que desde a entrada da paciente no hospital, o quadro era estável e com sintomas brandos.

“A paciente apresentava alterações no hemograma compatíveis com infecção bacteriana, que somado ao fato de ser diabética motivou a sua internação, mesmo contra a vontade da paciente que alegava estar bem e queria ser tratada em casa”, afirmou.

Segundo Manzano paciente também relatou ter sido vacinada em 2019 contra a gripe. “Geralmente pessoas vacinadas, quando contraem a doença apresentam sintomas mais brandos usualmente tratados de forma ambulatorial”, garante o médico.

Conforme a Nota Técnica “em nenhum momento durante o período de internação a paciente apresentou quadro compatível com SRAG (síndrome respiratória aguda) que é o indicativo de gravidade para evolução das gripes, seja H1N1 ou H3N2. Ainda em nota a Direção Clínica afirma que tão logo iniciaram os sintomas que poderiam indicar síndrome gripal, os protocolos foram iniciados de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde, desta forma a história clínica indica óbito por embolia pulmonar e não por agravo decorrente do vírus.”.

O Gerente de Saúde afirma não há motivo para preocupação, ao contrário do que se tem noticiado veículos de Comunicação sediados em Campo Grande. “O nosso hospital Municipal está dotado de capacidade técnica e estrutural para lidar com casos de Gripe e Dengue, mesmo em condições de surto, o que não é o caso”, explicou Welligton.

O gerente afirmou que na atual gestão, o prefeito intensificou as ações e investimentos no hospital municipal, nos últimos dois anos conseguimos implantar uma área de isolamento totalmente adequada as normas técnicas no nosso pronto socorro.

“Fizemos a adequação dos leitos do hospital a fim de reduzir infecção e melhorar o conforto para os pacientes, implantamos uma nova área de isolamento no setor de clínica médica e a adequação da sala de estabilização de emergência na área de internação, fizemos a adequação da pintura do ambiente de internação e posterior instalação de dispensers de álcool gel em todos os apartamentos e áreas de circulação de pessoas, medida fundamental para redução da propagação de infecções”, disse o gerente.

Já na parte clinica, segundo Welligton, foi feita toda a revisão do arsenal terapêutico, ampliando a gama de medicamentos e a capacidade de tratamento de doenças dentro da nossa estrutura reduzindo a necessidade de transferência de pacientes, todo o corpo Clínico incluindo médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem é capacitado anualmente para os protocolos de tratamento de Gripe, capacitações estás realizadas por infectologistas vindos de Campo Grande.

Todo esse conjunto de medidas, conforme o gerente de Saúde confere ao Hospital Municipal de Navirai um índice de 98% de avaliações positivas pelos pacientes internados de acordo com os relatórios emitidos pelo Conselho Municipal de Saúde, apurados das caixinhas de avaliação dos usuários do SUS.

Fonte: Assessoria