CRAS realizou palestra em comemoração ao Setembro Amarelo

Fotos: Assessoria

Na manhã desta quarta-feira (11), foi realizada uma palestra no CRAS na Seleta de Naviraí em comemoração ao setembro amarelo em celebração ao mês da Valorização da Vida e contou com a presença da Gerente de Assistência Social Marizélia Mazini e da psicóloga palestrante Viviane Santussi, Sueli coordenadora do CRAS e pessoas atendidas pelo SUAS entre outros.

A gerente de Assistência Social Marizélia Mazini parabenizou a toda equipe do CRAS, pela atitude em promover está palestra sob a valorização da vida, “é magnifico o que cada um de vocês estão fazendo, equipes, a palestrante Viviane, meu muito obrigado e a todas vocês atentos para tudo aquilo que será explanado, que honra em recebê-los, mas vocês vieram uns a pé, outros de carro, moto ou bicicleta meu muito obrigado”. Enfatizou Marizélia.

A palestrante e Psicóloga Viviane Santussi explanou sobre o quanto a vida vale apena e da importância de se atentar para pessoa quando ela muda seu comportamento, das suas falas muitas das vezes se depreciando são sinais que a pessoa esta desenvolvendo um pensamento suicida e quão importante saber ter uma palavra de apoio a esta pessoa. Nunca usando termos que pode causar a pessoa um maior sentimento de peso, para quem está a sua volta algumas frases que trás essa sensação de desconforto a pessoa são: Para que você quer fazer isso, não acredito que você está pensando nisso, você sempre teve do bom e do melhor, são algumas frases que acaba desestabilizando ainda mais essa pessoa que já está pensando em se matar.

Segundo dados da OMS 9 entre 10 suicídios, nove poderiam ser evitados com a observância de alguns sinais e uma conversa saudável. Para abrilhantar sua palestra a psicóloga passou alguns dados referentes aos índices de morte por suicídio: onde 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos e é a segunda causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos, outro dado alarmante o “nosso do Mato Grosso do Sul é o 3° com mais registro de mortes por suicídio! Saber ouvir as pessoas é de fundamental importância para redução nesses números alarmantes e entendermos que a depressão uma das causadoras desse ato, não esta atrelada a falta de fé em Deus, mas sim um mal silencioso e devastador”. pontuou Viviane.

Setembro Amarelo é conhecido no Brasil como o mês da Valorização da Vida, na prevenção do suicídio iniciada em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) com o intuito de auxiliar quem está passando por alguma dificuldade e não pode pagar por uma consulta com médicos especialista da área, tem este mecanismo para poder ligar e conversar com pessoas capacitadas a ouvirem e orienta-los.

A escolha do mês de setembro vem de encontro com a comemoração que celebra o dia 10 como o dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, essa comemoração vem para se abrir um leque de debate entre a sociedade e famílias sobre a importância do alerta, de como identificar algum sinal que alguém transmite com a intenção de cometer tal ato.

O Centro de Valor a Vida (CVV), é um parceiro forte para quem precisa de um auxílio imediato basta ligar de um orelhão ou do celular mesmo para o número 188.

Fonte: Assessoria

Mais fotos