Polícia retém carreta com madeira ilegal e empresa é multada em R$ 18 mil

Veículo carregado com mandeira ilegal vinha do Mato Grosso e seguia para cidade do Rio Grande do Sul(Foto: Divulgação/PMA)

Empresa terá de pagar R$ 18 mil por transportar madeira sem documentação na noite deste sábado, na BR-163, próximo a cidade de Mundo Novo, distante 473 quilômetros de Campo Grande. O veículo foi apreendido pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a PMA (Polícia Militar Ambiental foi acionada.

O veículo tractor com carreta carregada de madeira serrada foi abordado por suspeita do condutor transportar madeira de forma ilegal.

No local, a PMA e a PRF realizaram a cubagem da madeira e verificaram que o veículo, que fazia o percurso entre Juína, no Mato Grosso, onde fora carregado, para a cidade de 3 de Maio, no Rio Grande do Sul, transportava 60,00 m³ de madeira serrada da espécie Tavari e o DOF (Documento de Origem Florestal) constava apenas 42,60, portando, havendo excesso de 17,40 m³.

O veículo e a madeira foram apreendidos pela PRF, que registrou a ocorrência. Os responsáveis pela empresa infratora, com domicílio jurídico em Juína, poderão responder por crime ambiental, cuja pena é de seis meses a um ano de detenção. A empresa também foi autuada administrativamente e multada R$ 18 mil  pela PMA.

Fonte: Tainá Jara/ Campo Grande News