Usina é multada em quase R$ 1 milhão após incêndio destruir área de preservação

Foto: PMA/Divulgação

Um incêndio em uma área de plantação de cana-de-açúcar em Nova Andradina, a 288 km de Campo Grande foi denunciado à Polícia Militar Ambiental (PMA) na segunda-feira (1). A PMA efetuou um auto de infração administrativo e multou a usina em R$ 953.000,00. 

Os policiais foram ao local e durante a vistoria constataram que o incêndio começou em um trator que fazia a colheita, após problemas na parte elétrica, incendiando o canavial e a reserva com áreas de preservação permanente da propriedade.

Nesta terça-feira (2) foram feitos levantamentos e e medidas com GPS das áreas queimadas. Segundo a PMA, foram queimados 812 hectares de canavial e 28 hectares de áreas de preservação ambiental e reserva legal da fazenda. A empresa com domicílio jurídico em Nova Andradina, foi autuada e multada. A PMA efetuou um auto de infração administrativo e multou a usina em R$ 953.000,00 conforme o Decreto Federal 6.514/2008.

Os responsáveis pelo incêndio poderão responder por crime culposo de provocar incêndio em mata ou floresta. A pena é de seis meses a um ano de detenção.

Fonte: G1