Rally dos Sertões é estratégia para Mato Grosso do Sul ganhar o mundo

Uma das maiores competições off-road do mundo será utilizada pelo governo brasileiro como ferramenta de promoção do País no mundo. O Rally dos Sertões, que chega a 27ª edição em 2019 com largada de Campo Grande, foi apresentado nesta quarta-feira (3) para empresários do turismo na World Trade Market Latin America (WTM LA), uma das maiores feiras do segmento realizada anualmente em São Paulo.

Mato Grosso do Sul será palco para o rali pela segunda vez. “Em 2017 tivemos a chegada em Bonito, depois da passagem por Coxim e Aquidauana. Agora, com a largada em Campo Grande, MS se torna vitrine para o mundo. Nossa estratégia é divulgar atrativos, belezas naturais e potencialidades turísticas para que brasileiros e estrangeiros possam conhecer nosso Estado”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja, que participou da apresentação.

A “oportunidade única” de colocar Mato Grosso do Sul em evidência foi destaque do secretário Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica). “O Rally foi apresentado oficialmente à imprensa do Brasil e do mundo numa das maiores feiras de turismo das américas, com as presenças do Ministério do Turismo e do Governo do Ceará, onde será a chegada da competição. É um momento importante para nós, pois estamos expondo nossos potenciais no turismo, que tem crescido muito”, disse.

MS é representado na WTM LA pela Fundação de Turismo (Fundtur), além de empresários e técnicos do Sebrae/MS. “Aqui estamos dando o tom da nova gestão do governador Reinaldo Azambuja, que tem como pauta permanente o turismo como desenvolvimento econômico. Nesse sentido, a parceria com o Rally traz mais visibilidade para a Capital Morena e consolida MS como rota do off-road no Brasil”, afirmou o diretor-presidente da Fundtur, Bruno Wendling. 

Também esteve presente na apresentação do Rally, o secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Ricardo Senna.