PRF apreende 25 toneladas de maconha entre Juti e Naviraí; a segunda maior carga do ano em MS

Tabletes de maconha embaixo de ripas de madeira; carga de droga chega a 25 toneladas (Foto: Divulgação)

Policiais rodoviários federais apreenderam nesta quarta-feira (24) a segunda maior carga de maconha de 2020 em Mato Grosso do Sul. Pelo menos 25 toneladas da droga foram encontradas embaixo de madeira transportada em uma carreta apreendida entre os municípios de Juti e Naviraí.

O motorista, que ainda não teve o nome divulgado, foi preso. Ele também é o proprietário da carreta. O destino da droga seria São Paulo. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil, já que não caracterizaria tráfico internacional pelo fato de o carregamento ter sido pego já do lado brasileiro.

Veja o vídeo:

O Campo Grande News apurou que devido ao grande volume de droga e por falta de espaço para armazenar a maconha em Naviraí, a carga será incinerada na manhã de hoje em uma indústria da cidade localizada a 366 km de Campo Grande. O superintendente da PRF em Mato Grosso do Sul, Luiz Alexandre Gomes da Silva, vai acompanhar a incineração.

No dia 20 de maio, ação conjunta de agentes da Polícia Federal e policiais rodoviários federais da delegacia de Dourados apreendeu 28 toneladas de maconha escondidas em uma carga de milho, perto do município de Tacuru. Aquela foi a maior apreensão de maconha da história da polícia brasileira. A carga também foi incinerada em seguida, por decisão da Justiça Federal.

Fonte: Helio de Freitas /Campo Grande News