Prazo para sacar abono do PIS/Pasep termina em dois dias; veja se você tem direito

Milhares de trabalhadores ainda não realizaram o saque do abono salarial PIS/PASEP de ano-base 2017. Cerca de R$ 6,5 bilhões serão pagos até o fim do prazo. Foto: Reprodução

Faltam apenas dois dias para o fim do prazo do saque do PIS/PASEP e uma quantia significativa de trabalhadores ainda não sacaram seu benefício. O prazo se estende até esta sexta, dia 28 de junho. O pagamento do abono salarial de ano-base 2017, se iniciou no dia 26 de julho de 2018.

Para ter direito ao PIS/PASEP, é necessário que o trabalhador esteja inscrito em um dos dois programas há, pelo menos, cinco anos. Além disso, o profissional deve ter atuado com carteira assinada por um período mínimo de 30 dias em 2017. O valor máximo recebido deve ser de dois salários mínimos.

Ademais, é preciso que os dados do trabalhador estejam atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Dessa forma, os funcionários da iniciativa privada devem realizar o saque do abono do PIS nas agências da Caixa Econômica Federal. Já os servidores públicos e empregados de estatais realizam o saque em agências do Banco do Brasil.

A quantia a ser recebida varia de acordo com o tempo trabalhado com carteira assinada no ano-base. Ou seja, quem trabalhou apenas 30 dias em 2017, poderá sacar 1/12 do valor do salário mínimo, equivalente a R$ 84. O valor máximo de R$ 998,00 será pago para os trabalhadores que exerceram sua função durante todo o ano de 2017.

Desse modo, os trabalhadores que não realizarem o saque dentro do prazo estabelecido, deverão buscar orientações por meio da Central de Atendimento pelo número 158. Há também a possibilidade de ir até as unidades de atendimento da Secretaria do Trabalho para conseguir maiores informações sobre como realizar o saque posteriormente.

Como consultar o valor a ser recebido

Para saber qual o valor o tralhador terá direito, basta verificar as informações nos bancos, seja a Caixa (PIS) ou Banco do Brasil (PASEP). Para isso, é necessário entrar em contato por meio dos seguintes canais:

PIS

PASEP

  • Pelos telefones de atendimento ao público do Banco do Brasil: 4001 0001 (para capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 729 0001 (demais cidades).
  • Os deficientes auditivos poderão entrar em contato por meio do telefone 0800 729 0088.

Como Realizar o Saque

O Ministério da Economia divulgou que os valores pagos aos trabalhadores chegará a quantia de R$ 6,5 bilhões. Além disso, os valores a serem recebidos serão sempre arredondados para cima. Ou seja, o trabalhador que trabalhou por 30 dias teria direito a 1/12 do atual salário mínimo, equivalente a R$ 83,17. Assim, a quantia paga será arredondada para R$ 84.

Os funcionários da iniciativa privada poderá efetuar o saque em caixas eletrônicos de uma agência Caixa ou em casas lotéricas. É necessário estar portando o Cartão Cidadão e saber a senha cadastrada. Caso o trabalhador não possua o cartão, basta realizar a retirada diretamente na boca do caixa, apresentando um documento de identificação.

Caso o trabalhador já seja correntista da Caixa, o valor será depositado diretamente na conta. Entretanto, é necessário possuir saldo superior a R$ 1 e movimentação.

Por fim, os servidores públicos deverão realizar o saque no Banco do Brasil, bastando apresentar um documento de identificação. Os servidores que já forem correntistas no banco, receberão o dinheiro diretamente na conta.

Fonte: Edital Concursos Brasil / Ana Flávia Gonzaga