Por conta do agravamento da pandemia, Sindicato Rural adia leilão de gado em Amambai

O presidente do SRA, Rodrigo Lorenzetti. Além de arrecadar fundos para a manutenção das atividades do Sindicato Rural, o leilão vai expor a força da pecuária amambaiense. (Foto: Vilson Nascimento)

Por conta do agravamento da pandemia de Covid-19 no município, com aumento de casos e inclusive de internação por conta da doença, o Sindicato Rural de Amambai (SRA) decidiu por adiar o 1º Leilão do Sindicato Rural e Associados, em Amambai.

Segundo o presidente da entidade ruralista, Rodrigo Ângelo Lorenzetti, o evento, que estava previsto para acontecer dia 13 de junho, será remarcado para uma data ainda a ser confirmada.


De acordo com o presidente, estima-se que serão levados a leilão mais de 500 animais, tanto para cria e recria como também para engorda, rebanho originário de pecuaristas de Amambai e municípios da região.

Segundo o SRA, o gado a ser leiloado não estará presente. Os lotes serão filmados nas propriedades de seus respectivos proprietários e as imagens exibidas em telão e em live, por meio digital.

Previsão para almoço

Segundo o presidente do Sindicato Rural, Rodrigo Lorenzetti, em reunião da diretoria do SRA, ficou pré-definido que no leilão, que acontecerá no salão de eventos do Parque de Exposições, deverá ter um almoço com a presença limite de 150 compradores convidados.

“O salão de eventos do Parque de Exposições do Sindicato Rural tem capacidade para abrigar 450 pessoas sentadas”, disse o presidente ao ressaltar que, com a presença de 150 convidados é possível manter um grande distanciamento entre as mesas e cumprir a risca todas as medidas sanitárias impostas pelas normas de prevenção ao novo coronavírus.

“Com a mudança do leilão para data posterior, vamos torcer para que a pandemia já esteja controlada, possibilitando também a realização do almoço”, disse Rodrigo Lorenzetti ao ressaltar que antes de definir sobre a realização do almoço, caso a pandemia persista, mas em menor potencial de contágio, o Sindicato Rural de Amambai irá buscar autorização junto a administração municipal, para a realização do evento.

Fonte: Vilson Nascimento/ Grupo A Gazeta