Municípios seguem o Estado e decretam ponto facultativo nesta sexta

O prefeito de Amambai e presidente do Conisul, o médico Dr. Edinaldo Bandeira. Alerta para a necessidade de evitar viagens, receber visitas e promover aglomerações durante o feriado prolongado como forma de prevenção à covid-19. (Foto: Reprodução/A Gazetanews)

Os municípios do Cone Sul de Mato Grosso do Sul optaram seguir a mesma linha do Governo do Estado e decretar ponto facultativo nas repartições públicas municipais nesta sexta-feira, 12 de junho, Dia dos Namorados.

A chamada ponte é em decorrência do feriado nacional de Corpus Christi, celebrado nesta quinta-feira, dia 11 de junho.

Em situações normais, feridos prolongados são um chamariz para viagens a passeio, promover confraternizações e visitar familiares em outras cidades.

Porém estamos em meio a uma pandemia de covid-19 onde várias cidades de Mato Grosso do Sul e do estado vizinho, Paraná apresentam números elevados da doença.

O médico ortopedista, prefeito de Amambai e presidente do Conisul (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento da Região Sul de Mato Grosso do Sul), Dr. Edinaldo Bandeira, faz um alerta aa população em geral, mas principalmente aos servidores públicos de Amambai e região para a necessidade de as pessoas permaneceram em casa durante este feriado prolongado.

De acordo com o prefeito o momento exige que as pessoas evitem receber visitas, principalmente de fora de suas cidades, promover aglomerações como festas e até mesmo reunião familiares, como forma de prevenir a disseminação do coronavírus.

Dos 14 municípios que compõem o Conisul, Amambai, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Sete Quedas, Tacuru, Iguatemi, Eldorado, Mundo Novo, Japorã, Itaquiraí, Naviraí, Jutí e Caarapó, apenas 6, Coronel Sapucaia, Aral Moreira, Sete Quedas, Japorã, Eldorado e Jutí ainda não tiveram moradores de suas municipalidades infectados pelo novo coronavírus.

Fonte: Vilson Nascimento/ Grupo A Gazeta