Hasegawa angaria recursos para por fim na falta de água em aldeia de Amambai

Por meio de parcerias com deputados, o vereador também garantiu recursos para a construção de feira para venda de produtos da agricultura familiar. É mais de R$ 1 milhão em beneficio aos moradores da zona rural.
O vereador Humberto Hasegawa (e) com o deputado federal Vander Loubet. Parceria rendeu mais de R$ 1 milhão para Amambai. R$ 350 mil para a construção do Mercado Municipal e R$ 722 mil para solucionar de vez a falta de água na aldeia Limão Verde. (Fotos: Divulgação)

Vilson Nascimento

As ações vereador Humberto Hasegawa no cargo a ele concedido pela população vai além dos trabalhos em plenário com a apresentação de indicações, requerimentos e a atribuição regimental de fiscalizar o Poder Executivo, em Amambai.

Por meio de seu bom relacionamento político, fator que inclusive o colocou como líder do prefeito na Câmara Municipal no ano legislativo 2019, Humberto Hasegawa tem buscado e conquistado benefícios, entre eles elevados valores para beneficiar o pequeno produtor, a agricultura familiar e as comunidades indígenas do município.

Foi o trabalho de gestão de Hasegawa junto ao deputado federal Vander Loubet e ao então deputado federal Zeca do PT, que conquistou R$ 350 mil dos R$ 500 mil que estão sendo aplicados na construção do Mercado Municipal, obra que está em fase de conclusão na Praça Orlando Viol e vai fomentar as vendas de produtos oriundos da agricultura familiar e das agroindústrias de Amambai.

Solução para falta de água na aldeia Limão Verde

Na semana passada o vereador Humberto Hasegawa veio a público para anunciar mais uma grande conquista de seu mandato parlamentar em benéfico das famílias residentes na zona rural do município, em Amambai.

A liberação de R$ 722 mil reais em emenda parlamentar para a construção de poço e melhoramento do sistema de abastecimento de água na aldeia Limão Verde, comunidade indígena com cerca de 3 mil moradores que há cinco anos vem sofrendo com a falta de água, inclusive para beber e realizar higiene pessoal.

Cansados de esperar por uma solução que nunca vinha os moradores da comunidade guarani-kaiowá realizaram manifestações no início desse mês e o prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Bandeira, mesmo não sendo atribuição do município, autorizou a construção de um poço semi artesiano na reserva para amenizar o problema.

“Além do prefeito Dr. Bandeira, pela atitude tomada em solucionar pelo menos paliativamente o problema na comunidade indígena, temos muito que agradecer ao deputado federal Vander Loubet. Havíamos feito indicação ao deputado pedindo a destinação dessa emenda parlamentar no valor de R$ 722 mil para melhorar o fornecimento de água na aldeia Limão Verde. Ao tomar conhecimento da situação emergencial que a comunidade enfrentava com a falta de água, o deputado Vander não mediu esforços em buscar a liberação imediata dos recursos da emenda parlamentar que já havia sido apresentada por ele. O recurso foi liberado pela Funasa e já está a disposição. Basta agora somente o DSEI (Distrito Sanitário Especial Indígena), dar andamento no processo licitatório”, disse do vereador Humberto Hasegawa ao informar que, com as obras à serem executadas com os R$ 722 mil destinados pelo deputado Vander Loubet, tende a se solucionar de vez o grave problema de falta de água enfrentado durante anos pela comunidade da aldeia Limão Verde.

O vereador Humberto Hasegawa com o capitão da aleia Limão Verde, Nelson Castelão. (Foto: Vilson Nascimento)