Dr. Bandeira anuncia para 2020, início do anel viário em Amambai

A confirmação foi repassada ao prefeito pela Agesul nessa quinta-feira (21) em Campo Grande.
O prefeito Dr. Edinaldo Bandeira (centro) ladeado por dirigentes da Agesul. Início da primeira etapa do anel viário de Amambai está prevista para janeiro do ano que vem. Abaixo reparos na Nicolau Otaãno. (Fotos: Vilson Nascimento e Divulgação)

Vilson Nascimento

O tão reivindicado rodoanel, ou anel viário, para retirar o tráfego de caminhões e carretas do centro da cidade, em Amambai, está garantido e deverá ser construído no ano que vem (2020).

A informação foi passada à população pelo prefeito do município, Dr. Edinaldo Bandeira, por meio de redes sociais.

Segundo o prefeito, em reunião nessa quinta-feira, 21 de março, com dirigentes da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimento), ele foi informado pelos representantes do órgão do Governo do Estado que o projeto executivo para obra está pronto e em fase de atualização das planilhas.

“O início da obra está previsto para janeiro de 2020”, disse o prefeito ao informar que nessa primeira etapa será construída a ligação entre as rodovias, MS-386, que liga Amambai a Ponta Porã e a MS-156 trecho entre Amambai e Caarapó.

Avenida Nicolau Otaño

Outro assunto debatido pelo prefeito Dr. Bandeira e a direção da Agesul nessa quinta-feira em Campo Grande foi em relação a restauração da Avenida Nicolau Otaño, da saída para Caarapó até a Avenida Pedro Manvailler, no  centro da cidade.

De acordo com o prefeito foi constatado que a obra está em fase de licitação e deverá ser executada em breve.

Na semana passada, com o objetivo de garantir segurança aos transeuntes, a Prefeitura de Amambai realizou reparos emergenciais em um trecho que era considerado extremamente crítico da avenida, na região da Panificadora Big Pão.

Equipe da prefeitura realizando reparo emergencial na Avenida Nicolau Otaño. Licitação para a restauração completa da avenida está em andamento, segundo o prefeito.