Doadores de sangue podem ter data comemorativa em MS

Os doadores de sangue e medula óssea podem ter um mês destinado a comemoração. O projeto de lei do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS), Paulo Corrêa (PSDB), apresentado nesta terça-feira prevê que o mês de abril seja considerado o mês do “doador de sangue e medula óssea”.

De acordo com o texto apresentado, serão feitas campanhas de incentivo à doação de sangue e medula óssea. Ainda conforme o texto serão feitas palestras, atividades educativas, campanhas nas mídias e iluminação de prédios públicos com a cor vermelha.

O projeto prevê ainda que seja realizada no segundo fim de semana do mês de abril uma corrida para sensibilizar e despertar a sociedade quando a importância da doação.

Corrêa justifica que o projeto busca a conscientização de cada cidadão, além de regulamentar a discussão sobre o assunto dando força a essas iniciativas.

Ainda na área da saúde, o deputado Pedro Kemp (PT), apresentou um projeto de lei para incluir no calendário de eventos do Governo do Estado o “Dia Estadual de Conscientização da Fibromialgia” para ser comemorado no dia 12 de maio.

O parlamentar justifica que na data indicada algumas associações brasileiras já realizam eventos destinados a esclarecer os problemas enfrentados pelas pessoas com a doença.