Detrat e Cetran/MS promovem encontro em Amambai

Com duas reuniões marcadas para esta quarta-feira, dia 27, órgãos discutiram sobre o trânsito no município de Amambai
Superintendente do Detrat, José Luiz Karasek, Presidente do Cetran-MS, Regina Duarte, secretária do Detrat, Regiane, Secretária Executiva do Cetran, Elizete, e o coordenador de Educação para o Trânsito do Detrat, Luiz Claudio. Foto: Raquel Fernandes

Nesta quarta-feira, dia 27, o Departamento de Trânsito de Amambai (Detrat) recebe a presidente do Conselho Estadual de Trânsito do MS (Cetran-MS), Regina Maria Duarte, para a realização de duas reuniões e palestras no município.

A primeira acontecerá às 10h da manhã e tem como público alvo ps órgãos, instituições e associações ligadas ao trânsito. “Convidamos o Detran, a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Taxistas, Moto Taxistas, Jari, IEDL, ACIA, Vereadores e Secretários municipais, para discutirmos a nossa legislação de trânsito, tirar dúvidas e  elaborar propostas para o nosso município”, informou o Superintendente do Detrat, José Luiz Karasek.

A programação segue às 13h15min, com os diretores e coordenadores de todas as instituições  educacionais (públicas e privadas) do município para tratar sobre a educação para o trânsito com a presidente do Cetran/MS.

 “Vamos tratar sobre a legislação e falar sobre formas de inserir a educação para o trânsito na rede escolar, mostrar o nosso trabalho de workshops aos profissionais de educação para a elaboração de projetos nesta área. Mostraremos como eles podem inserir a educação em todas as disciplinas. Se a cidade trabalhar de uma forma mais contínua, com certeza daqui a cinco anos terá outra realidade no trânsito do município”, explicou a Presidente do Cetran destacando ainda que o objetivo principal de todo este trabalho é preservar vidas.

Nesta terça-feira, dia 25, a presidente do Cetran/MS, Regina Maria Duarte, acompanhada da secretaria executiva do Cetran, Elizete Almeida, estiveram no Detrat e conheceram os projetos voltados ao trânsito que têm sido desenvolvidos no município de Amambai.

“Se todos os municípios estivessem trabalhando como Amambai, o índice de acidentes do estado, com certeza, diminuiria. Por isso queremos priorizar e divulgar os exemplos de municípios que estão empenhados em ações voltadas especialmente à educação para o trânsito, como é o caso de Amambai, explicou Regina.

CNH SOCIAL

Uma das propostas que serão discutidas e encaminhadas ao governo estadual por meio do Cetran, será a implantação da CNH Social, que busca viabilizar a aquisição da CNH para aquelas pessoas que não tem condições financeiras para realizar tal investimento. “Esta proposta foi elaborada pensando nas comunidades indígenas, que hoje representam 1/3 da população de Amambai e tem dificuldades para conseguir pagar uma habilitação”, explicou Karasek.