Definida a nova diretoria do Comitê do Fogo de MS para o biênio 2023-2024

Foto: Divulgação/Portal do MSO assessor bombeiro militar da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), coronel Leonardo Rodrigues Congro, assumiu nesta sexta-feira (25) a presidência do Comitê do Fogo (Comitê Interinstitucional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais) para o biênio 2023-2024.

Ele tomou posse do cargo no lugar do coordenador da Defesa Civil, tenente-coronel Fabio Santos Catarinelli, e terá como vice-presidente o consultor técnico do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Clovis Tolentino, e como secretário-executivo o gerente de Unidades de Conservação do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), Leonardo Tostes Palma.

“Vamos trabalhar com foco nos eixos do PEMIF, dando ênfase na prevenção permanente e sensibilização da comunidade em cada bioma”, comentou Congro, durante a assembleia plenária de transmissão do cargo, realizada no auditório do Imasul, em Campo Grande.

Coronel Leonardo Rodrigues Congro, que assumiu a presidência do Comitê do Fogo. Foto: Divulgação/Portal do MS

O secretário Jaime Verruck (Semagro) foi representado na reunião de posse de composição da nova diretoria do Comitê do Fogo pelo superintendente de Meio Ambiente e Turismo, Pedro Neto. Foram homenageados os integrantes da gestão anterior e definidas as coordenações das novas câmaras técnicas, que seguem os eixos temáticos do PEMIF (Plano Estadual de Manejo Integrado do Fogo).

“Agora, cada coordenador de câmara vai definir mais dois participantes, cujos nomes devem ser apresentados em janeiro de 2023, na próxima reunião do Comitê do Fogo”, finalizou o coronel Congro.

Ficou definido que a pesquisadora Balbina Maria Araujo Soriano, da Embrapa Pantanal, ficará à frente da Câmara Técnica de Prevenção; Felipe Dias, do SOS Pantanal, à frente da Câmara Técnica de Preparação; o Corpo de Bombeiros responderá pela Câmara Técnica de Resposta e o Ministério Público Estadual, pela Câmara Técnica de Responsabilização.

O Comitê do Fogo para o Estado de Mato Grosso do Sul foi reativado em 2017 pelo Governo do Estado. Seu objetivo é promover a discussão, a gestão, a coordenação, o monitoramento, a avaliação, a prevenção e o combate aos incêndios florestais no Estado de Mato Grosso do Sul, inclusive propor normas. Fazem parte do Comitê: a Semagro, o Imasul, o Ibama, Dnit, Agesul, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros Militar de MS, Polícia Militar Ambiental, EMBRAPA (representando instituições de pesquisas e ensino), WWF-Brasil e SOS Pantanal (Representando Organizações Não Governamentais), Famasul, Reflore, Biosul e Ministério Público Estadual.

Fonte: Marcelo Armôa, Semagro