Com mais 3.483 empregos formais em janeiro, MS supera 37 mil vagas criadas em 12 meses

Foto: DivulgaçãoMato Grosso do Sul gerou 3.483 empregos com Carteira de Trabalho assinada no mês de janeiro, conforme demonstra o Cadastro Geral de Emprego e Desemprego do Ministério do Trabalho e Emprego (CAGED-MTE) divulgados nessa quinta-feira (10), com dados compilados na Carta de Conjuntura nº 72 elaborada pela Coordenadoria de Economia e Estatística da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Os setores que mais contrataram em janeiro foram: Serviços (1.571), Agropecuária (1.111) e Indústria (818). Os subsetores com mais contratações no mês foram: em Serviços – Atividades Administrativas e Serviços Complementares (536 vagas), Saúde Humana e Serviços Sociais (307 vagas), Atividades Profissionais, Científicas e Técnicas (272 vagas) e Transportes (229 vagas). Na Indústria os destaques ficaram para: Indústria de Transformação (745 vagas) e Construção (499 vagas).

No acumulado dos últimos 12 meses, Mato Grosso do Sul apresentou um saldo positivo de 37 mil empregos formais. Destaca-se no período o Comércio, com 10.201 vagas a mais; Indústria, com a criação de 4.003 novas vagas, e Construção Civil com acumulado de 3.814 empregos. Esse foi também o décimo mês em que o saldo acumulado de empregos fica acima de 30 mil vagas, "o que demonstra vigor da economia sul-mato-grossense", na avaliação do secretário da Semagro, Jaime Verruck.

Os municípios com mais geração de empregos no mês de janeiro foram: Campo Grande (797), Dourados (609), Três Lagoas (548), Chapadão do Sul (231), Ponta Porã (228), Rio Brilhante (204), Ribas do Rio Pardo (168), Costa Rica (139) e Itaquirai (134).

Fonte: João Prestes, Semagro