Ação educativa contou com palestra sobre hepatites virais

Foto: Assessoria

A Secretaria Municipal de Saúde, promoveu na quarta-feira dia 17, uma importante ação educativa no Conviver, abordando o tema ‘Hepatites Virais”. No mês de julho existe a mobilização de luta contra essas doenças.

A palestra foi Ministrada pela Enfermeira Karine Fernandes, e contou com a presença de várias mulheres, em especial, manicures do município que recebera informações sobre sintomas, prevenção e formas de tratamento dessas doenças. As hepatites virais podem ser causadas pelos vírus A, B, C D ou E.

A Hepatite A, é transmitida por meio de água, alimentos, ou objetos contaminados. O tratamento é sintomático e a cura se dá em volta de 30 a 40 dias após o início dos sintomas.

As Hepatites B e C, são transmitidas pela via sexual, contato sanguíneo, escova de dente, objetos usados no compartilhamento de drogas (cachimbo, agulha, seringas), artigos de manicure (alicate, espátula, cortador de unha, etc).

O risco de contrair a Hepatite B, após uma exposição sexual sem preservativo ou contato com sangue contaminado, chega a 40%. Em uma minúscula gota de sangue pode haver presença do vírus.

As Hepatites B e C podem tornar-se crônicas e levar ao óbito.

Quanto mais cedo diagnosticado, melhor é o prognóstico de vida do paciente.

Crianças de 15 meses a menores de 5 anos devem receber a vacina contra Hepatite A em todas Unidades Básicas de Saúde.

E a partir do nascimento, qualquer indivíduo pode ser imunizado contra Hepatite B, lembrando que é necessário completar as 3 doses da vacina.

Os testes rápidos para detecção do vírus da Hepatites B e C, estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde.

No final do evento, houve sorteio de brindes e um delicioso coffee break para todos os presentes.

Fonte: Kidão/Assessoria Prefeitura