Vacinação antirrábica acontece neste sábado em Caarapó em 11 locais

Caarapó realiza entre as 8h e às 16h30 deste sábado (22), a vacinação antirrábica de cães e gatos.

 

Segundo informações da Vigilância Sanitária, todos os animais deverão ser vacinados durante a campanha, que tem abrangência nacional.

 

Em Caarapó os locais onde os locais de vacinação são os seguintes ESF I;  Clube  dos Trabalhadores; Escola  Rui  Barbosa; Escola Arcenio Rojas; ESF V; Escola Estadual Professor Joaquim Alfredo Soares Vianna; Sal Minuano; ESF IV; Praça  Central;  ESF II;  Fetac; Escola  Municipal Cândido  Lemes dos Santos.

 

É importante levar a carteira de vacinação do animal

 

Raiva

De acordo com o portal Petlove, a  transmissão da raiva é feita através do contado com a saliva do animal infectado, por lambedura ou mordidas. Após a infecção, o vírus se espalha no sistema nervoso do novo hospedeiro, atingindo diversos órgãos e se proliferando nas glândulas salivares. Após a exposição ao vírus, os sintomas da raiva surgem em cerca de 10 a 60 dias.

 

Raiva – sintomas

No início da doença, há alteração comportamental, mudanças de hábitos, salivação excessiva, latidos ou miados com maior frequência e agressividade. Com o agravamento do quadro, o animal passa a ter os músculos rígidos, fazendo com que tenha dificuldade para deglutir e mastigar, causando a famosa “boca espumando”, já que não consegue engolir a saliva. Este quadro pode evoluir para crises convulsivas e paralisia total do corpo.

 

O que fazer após uma mordida de um animal suspeito?

Neste caso, a primeira coisa a ser feita é levar o animal que sofreu a mordedura a uma clínica veterinária com urgência, onde serão realizados os devidos exames. Deve-se avisar a Unidade de Vigilância de Zoonoses onde se encontra o animal com suspeita de raiva para serem tomadas as devidas providências – quarentena e exames. Caso confirmada a doença, eles são encarregados de avisar a região.

 

Tratamento e prevenção da raiva animal

A raiva não possui tratamento, sendo uma doença 100% letal. A única forma de prevenção da raiva é a vacinação anual de cães e gatos, mesmo nas regiões urbanas, incluindo os animais de apartamento.



Fonte: CaarapoNews