Competição de velocross movimenta fronteira nesse fim de semana

Vereador Gilson Ferreira, coordenador do HC de Barretos em Aral Moreira. Foto: Assessoria

Competição de velocross beneficente ao HC de Barretos, o “Hospital do Amor”, vai movimentar a Colônia Nueva Virginia, distrito Paraguaio que faz divisa com Aral Moreira, nesse fim de semana. O evento, que tem a frente da organização o Grupo Aral Cross, é válido pela 4ª etapa do Campeonato Amambayense de Velocross.

Nessa terça-feira, dia 20, o vereador Gilson Ferreira (PSDB), coordenador do HC de Barretos no município, ocupou a tribuna durante sessão da Câmara para reforçar o convite à população e desportistas a participarem desse grandioso evento, que terá toda a sua renda revertida em prol do Hospital do Câncer de Barretos.

Segundo Gilson, são aguardados pilotos de várias regiões do Estado e do país vizinho, Paraguai, para participar do evento, que será dividida em doze categorias, com premiação aos primeiros colocados de cada uma delas.

As categorias são: 50CC; 65CC; 85CC; 230CC; Nacional; Força Livre Nacional; Sênior Nacional; VX3; VX1; VXF (Femínino); Trilheiros e Cadete. Para a prova, os organizadores

Uma pista foi construída próximo a Capela 8 de Deciembro, próximo a MS-165 – trecho que liga Ponta Porã a Aral Moreira, a cerca de 5 quilômetros da sede do município, exclusivamente para abrigar a competição.

De acordo com o vereador Gilson Ferreira, a programação em torno do evento começa com carreiras de cavalos e treinos livres no sábado (24) e a prova no domingo, dia 25 de agosto, com os treinos livres pela manhã e a largada da primeira bateria a partir das 11h.

Informações sobre o evento, que conta com o apoio de empresários e comerciantes locais, pode ser obtidas através do fone (67) 9 9687-8249.

Unidade móvel do HC de Barretos

Entre os dias 5 a 9 de agosto a unidade móvel do HC de Barretos esteve em Aral Moreira realizando atendimentos preventivos.

Segundo o vereador Gilson, durante a estadia no município foram realizados mais de 400 procedimentos, entre exames de mamografia e preventivos.

Fonte: Joelso Gonçalves / Assessoria